Select Page

Aplicação da metodologia ágil em Cybersecurity

Written by: Gisele Santos

August 31, 2022

As metodologias ágeis foram criadas para dar mais produtividade na criação de softwares. Entretanto, existem boas razões pelas quais é preciso cultivar uma cultura ágil em toda a empresa, e não apenas dentro da Tecnologia da Informação (TI). Por essa razão, hoje já é possível ver a adoção das metodologias ágeis, como o Scrum, em diferentes segmentos. As organizações passaram a implementar a mentalidade ágil na busca de quantidade e qualidade na produção dos seus produtos e na entrega de serviços.

Entender a mecânica básica do Scrum e seu fluxo de trabalho é algo fácil, em razão de sua extrema simplicidade. Esse entendimento pode ser conseguido na internet, onde é possível encontrar diversos cursos, artigos, apresentações e vídeos sobre o tema. 

Adotar metodologias ágeis, como o Scrum, traz inúmeras vantagens, mas é preciso entender que elas não são a “bala de prata”, a solução de todos os problemas dos projetos. No livro Gestão Ágil Para Produtos de Sucesso, Rafael Sabbagh afirma que “a adoção mundial de Scrum não significa que todos os problemas estão resolvidos. Longe disso, Scrum é apenas uma ferramenta que pode trazer diversos benefícios em comparação a outras formas de se conduzir projetos, mas somente se bem utilizado.”

Após falar um pouco sobre as metodologias ágeis e as vantagens de utilizá-las não apenas no desenvolvimento de softwares, gostaria de compartilhar um pouco da minha experiência com a introdução da metodologia em um time pequeno de cybersecurity, com pessoas muito técnicas e que nunca participaram de divisões de tarefas, como as propostas pelas metodologias ágeis.

Antes de introduzir as metodologias ágeis, as pessoas se escondiam atrás de seus projetos “supersecretos”, sem envolver toda a área. Foi então que veio a pandemia e todos se sentiram muito isolados. Com ela, as pessoas se viram obrigadas a buscar alternativas, e as famosas ferramentas de comunicação instantânea nunca foram tão utilizadas, pois elas nos deixavam mais próximos dos nossos colegas de trabalho no home office. Elas se tornaram um canal muito útil para as reuniões, que começaram a ficar longas e improdutivas.

Diante deste cenário, meus gestores perceberam que era a hora de ter mais produtividade e que isso só poderia ser conseguido com a ajuda das metodologias ágeis, muita força de vontade e conhecimento. Dessa forma, contratamos pessoas com experiências diferentes e que tinham muita força de vontade e conhecimento para guiar e fazer crescer um grupo de nerds de cybersecurity.

Iniciamos com as dailys, que são as reuniões diárias para compartilharmos o andamento de cada tarefa e suas dificuldades. Como a reunião é diária ela precisava ser sucinta, mas, no início, nossas reuniões demoravam cerca de uma hora, pois precisávamos que todos se habituassem com a metodologia. Não demorou muito e, a cada semana, o tempo das dailys foi diminuindo e as reuniões se tornaram mais produtivas, o que levou a executar os projetos em tempos mais curtos, além de permitir que o time se organizasse para ajustar os processos e nivelasse todos os integrantes, que puderam perceber que podiam fazer melhor o que já faziam, bem como desenvolver novos produtos com o conhecimento que já tinham.

Assim iniciamos com o Lean-inception, uma metodologia ágil que nos ajudou a entender se um produto/serviço podia ser melhorado ou desenvolvido um novo produto/serviço. Em apenas um mês da implementação da metodologia, foi possível perceber um aumento na produtividade da área, os projetos passaram a ser executados no tempo planejado e as pessoas se empolgaram para desenvolver novos produtos/serviços para testar no mercado.

As metodologias ágeis trouxeram ao time produtividade e qualidade, além de crescimento profissional e pessoal, uma vez que o conceito da metodologia ágil foi levado para nossas vidas.

Agora, que você já sabe um pouco mais sobre as metodologias ágeis e os benefícios que ela traz, já pensou em começar a utilizá-las?

Analista de projetos de cibersegurança, Bacharel em Sistemas de Informação e Especialista em Gestão Empresarial
If you are enjoying our content, kindly consider sharing this post with your community on social media.
Share This